Mesmo com maior intervenção do BC, moeda dos EUA em alta

Mesmo com maior intervenção do BC, moeda dos EUA em alta

Mesmo com maior intervenção do BC, moeda dos EUA em alta



Mesmo com maior intervenção do BC, moeda dos EUA em alta

Dólar sobe a R$ 3,62 e fecha no maior nível em mais de 2 anos
O dólar fechou em alta nesta segunda-feira (14), após chegar a bater R$ 3,64, com o mercado atento o resultado de pesquisas eleitorais e mesmo após a intervenção reforçada do Banco Central para conter o câmbio.


 
VÍDEOS: Entenda o sobe e desce do dólar
A moeda dos EUA subiu 0,73%, a R$ 3,6275 para venda Veja mais cotações. É a maior cotação frente ao real em mais de dois anos, quando o dólar alcançou R$ 3,6392 no fechamento do dia 29 de abril de 2016.
 
Na máxima do dia, a moeda chegou a bater R$ 3,6405, mas recuou no fim da tarde.
O dólar turismo era cotado a R$ 3,78, após ter chegado à marca de R$ 3,79 mais cedo.
Interferência do Banco Central

Mesmo com maior intervenção do BC, moeda dos EUA em alta

Após o fechamento do mercado na última sessão, na sexta-feira (12), o BC anunciou que elevará a intervenção no mercado com a oferta adicional de contratos de swap cambial tradicional – equivalentes à venda no mercado futuro.
Variação do dólar em 2018
 


 
A partir de agora, fará leilão para a rolagem do vencimento de junho e antecipará a venda de novos contratos de swap. Ou seja, o BC injetará dinheiro “novo” no sistema.
Até então, o BC vinha promovendo um único leilão, no total de 8,9 mil contratos, cujo volume que, se mantido até o encerramento do mês, rolaria o total de junho de US$ 5,650 bilhões e ainda injetaria US$ 2,8 bilhões adicionais.
 
Os novos contratos, até então, só entrariam no sistema quando fosse concluída a rolagem do vencimento do mês que vem.
Nesta segunda-feira, fez leilão de até 4.225 mil contratos para rolagem de junho e também leilão de até 5 mil novos contratos.

Moeda dos EUA terminou o dia a R$ 3,6275, em alta de 0,73%.

Com esta nova postura, o BC terá ainda liberdade para, eventualmente, promover intervenções mais flexíveis e, eventualmente, mais agressivas”, escreveu o chefe de multimercados da gestora Icatu Vanguarda, Dan Kawa, em relatório.
 
Entenda: swap cambial, leilão de linha e venda direta de dólares
Internamente, os investidores monitoraram a cena política local. 

A poucos meses das eleições presidenciais de outubro, o quadro ainda é incerto. Investidores temem que um candidato que considerem menos comprometido com o ajuste fiscal desponte como favorito.

Moeda dos EUA terminou o dia a R$ 3,6275, em alta de 0,73%.

Último fechamento
Na sexta-feira, o dólar fechou a sessão cotado a R$ 3,6011, em alta de 1,55%. A última vez que o dólar encerrou a sessão acima da casa de R$ 3,60 tinha sido em 31 de maio de 2016, quando foi cotado a R$ 3,6142. Na semana, a moeda acumulou alta de 2,20% e, no mês de maio, 2,81%. Desde o início do ano, o dólar tem valorização de 8,68%.
 
 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*